Perdeu o sono? Saiba mais sobre a Insônia
Saúde Mental

Perdeu o sono? Saiba mais sobre a Insônia

Muita gente aproveitou a quarentena para colocar o sono em dia, porém, muitas pessoas sofreram com a falta de sono, mas conhecida como insônia. Muitos sofrem desse distúrbio muito antes da pandemia, mas poucos conhecem suas causas, sintomas e tipos. Por isso trouxemos algumas informações para que você saiba mais.

Pessoas que sofrem desse distúrbio do sono têm dificuldade em dormir ou permanecer dormindo o que prejudica seu estado durante o dia, já que uma pessoa que não descansa bem, não se sente revigorada e bem disposta o que pode causar muito mal estar.

Causas

Segundo o ministério da saúde, uma das causas podem ser a expectativa, a espera por uma viajem importante, uma prova, uma reunião, situações que te coloquem com altas expectativas e níveis grande de estresse. Também pode ser causada por mudanças de hábito ou rotina, um trauma ou medicamentos.

A insônia pode ser primária ou secundária. A secundária pode surgir por conta de alguns fatores como: depressão, ansiedade, dores nas costas, artrite, diabetes e outros.

Quem pode sofrer de insônia?

Pode acontecer com pessoas de todas as idades, mas o público mais atingido é o das mulheres. Você deve avaliar se faz parte do grupo que é mais propenso a sofrer do distúrbio que inclui pessoas que viajaram recentemente e estão sofrendo pelo fuso horário, se sofre de alguma doença psicológica, é sedentário, tem troca de turnos constantes no trabalho ou possui alto nível de estresse.

Sintomas

  • Dificuldade para dormir
  • Fadiga
  • Mudança de humor
  • Irritabilidade
  • Dificuldade para se concentrar

Existe tratamento?

Existem dois tipos de tratamentos, os convencionais com medicamentos e os sem medicamentos. Você deve procurar um profissional da saúde e conversar com ele o que melhor se encaixa na sua situação, ele saberá te indicar o que será mais eficaz.

Alguns psicólogos indicam terapia para curar insônia, e também alterar algumas coisas na rotina como evitar fazer exercícios físicos perto do horário de dormir, evitar bebidas com cafeína antes de adormecer e diminuir o contato que você tem com tv ou internet. Para problemas psicológicos você deve procurar um especialista que possa te ajudar nestas questões.

Outro tratamento pode ser a meditação, que ajuda a diminuir o estresse, a ansiedade e em muitos casos ajuda com dores e depressão, o que pode te ajudar a melhorar a qualidade do seu sono.

Você também pode gostar...

1 comentário

  1. […] um desafio a parte. Mas saiba o quanto o sono é importante para o funcionamento da mente, ficar sem dormir abre caminho para a ansiedade. Então tenha uma rotina saudável e relaxante, durma as oitos horas […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *